PROJETO QUE INCLUI UM LITRO DE CACHAÇA NA CESTA BÁSICA





uma hipotética proposta de emenda à Constituição (PEC) para incluir a cachaça na cesta básica do brasileiro.
Se a PEC fosse verdadeira, possivelmente, hoje, muito mais lares estariam enfrentando o problema de alcoolismo de muitos, dando-lhes, cachaça!
uma, digamos, “brincadeira-crítica” do programa jornalístico-humorístico Custe o Que Custar (CQC), da Rede Bandeirantes,...

feita há algum tempo, deu o que falar nos corredores da Câmara dos Deputados, em Brasília, e deixou muitos parlamentares em uma tremenda “saia justa”.

A equipe do programa contratou uma profissional para colher assinaturas dos parlamentares, algo que é praxe no Legislativo federal, para um projeto de lei, de um deputado fictício, nomeado de “Chico Bezerra”, o qual propunha a “boa ideia” de acrescentar um litro de cachaça na cesta básica. Inúmeros foram aqueles deputados que assinaram, sem ao menos ler o conteúdo da “proposição”.

Depois, ao serem interrogados pela repórter do programa CQC, alguns parlamentares se “embananavam” e não sabiam explicar qual o teor do assunto, o porque de ter assinado uma PEC sem ter lido ou, quando dito qual seria o item da cesta básica à ser acrescido, ou se enrolavam ainda mais, ou não sabiam onde enfiar a cara, ou partiam para a truculência, como fez o deputado federal Nelson Traje, do PMDB do Mato Grosso do Sul, que danificou o equipamento da repórter, agrediu o cinegrafista da Band e xingou a jornalista.

Isto, dentro do Congresso, com as câmeras ligadas... Imagine o que este parlamentar não deve fazer “por detrás das câmeras”?! O fato é que, justiça seja feita, dos deputados mostrados na reportagem do programa, apenas João Dado (PDT/SP) leu com atenção e não assinou a proposta, por entender que o item a ser acrescido está em desalinho com a égide da sociedade brasileira,LEIA MAIS...
todos créditos :http://camacarifatosefotos.com.br/por...
Postar um comentário

Atalho do Facebook aki na roça